PUBLICIDADE
ECONOMIA
Caiapônia ainda sente os reflexos da paralisação dos caminhoneiros
--- SELECIONE ---
#
 
 

COMPARTILHAR  

PUBLICIDADE

Após a paralisação dos caminhoneiros, Caiapônia ainda sente os reflexos da falta de abastecimento, postos de combustíveis e depósitos de gás ainda não voltaram a normalidade. A greve dos caminhoneiros que durou até a última quarta-feira (30), afetou de forma drástica o abastecimento no comércio em geral.

Na manhã desta segunda-feira (04), a nossa reportagem pesquisou e constatou que nos três depósitos de gás da cidade o produto não é encontrado. Segundo um dos comerciantes, o abastecimento de gás deverá ser normalizado apenas na quinta-feira (07).

Nos postos de combustíveis a situação não é diferente, dos quatro postos no perímetro urbano de Caiapônia, apenas dois tem gasolina e etanol. Segundo os donos de postos, a demora em normalizar o abastecimento se deve o grande fluxo de caminhões para serem carregados com combustíveis nas distribuidoras. A previsão é que no decorrer desta semana a situação seja normalizada.

Nos supermercados, a expectativa é que nesta semana já cheguem caminhões carregados com frutas e verduras, vindos do Ceasa de Goiânia.

 

 

 


PUBLICIDADE

Últimas Notícias
 
Escola Estadual Elias Nasser é fechada em Caiapônia
 
Polícia Civil de Caiapônia conclui inquérito que apura a prática abuso sexual contra crianças em rituais de magia negra
 
Prefeito de Caiapônia anuncia mudanças no pagamento dos servidores


NOTÍCIAS ARTIGOS & OPINIÃO  
AGROPECUÁRIA
ARTIGOS & OPINIÃO
CONCURSOS
COTIDIANO
CULTURA
ECONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPORTE
EVENTOS
JUSTIÇA
MEIO AMBIENTE
POLÍCIA
POLÍTICA
REGIÃO
SAÚDE
SOCIEDADE
ATHOS FILIPE
FATIMA CRISTINA
GUINTHER JUNIOR
LEONARDO COUTO
MARCOS MANOEL
NILVA MORAES


Facebook Instagram Facebook Instagram
© 2018. Todos direitos reservados a Folha de Caiapônia. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.