PUBLICIDADE
Caiapônia ainda sente os reflexos da paralisação dos caminhoneiros
--- SELECIONE ---
#
 
 

COMPARTILHAR

Após a paralisação dos caminhoneiros, Caiapônia ainda sente os reflexos da falta de abastecimento, postos de combustíveis e depósitos de gás ainda não voltaram a normalidade. A greve dos caminhoneiros que durou até a última quarta-feira (30), afetou de forma drástica o abastecimento no comércio em geral.

Na manhã desta segunda-feira (04), a nossa reportagem pesquisou e constatou que nos três depósitos de gás da cidade o produto não é encontrado. Segundo um dos comerciantes, o abastecimento de gás deverá ser normalizado apenas na quinta-feira (07).

Nos postos de combustíveis a situação não é diferente, dos quatro postos no perímetro urbano de Caiapônia, apenas dois tem gasolina e etanol. Segundo os donos de postos, a demora em normalizar o abastecimento se deve o grande fluxo de caminhões para serem carregados com combustíveis nas distribuidoras. A previsão é que no decorrer desta semana a situação seja normalizada.

Nos supermercados, a expectativa é que nesta semana já cheguem caminhões carregados com frutas e verduras, vindos do Ceasa de Goiânia.

 

 

 


NOTÍCIAS ARTIGOS & OPINIÃO  
AGROPECUÁRIA
ARTIGOS & OPINIÃO
CONCURSOS
COTIDIANO
CULTURA
ECONOMIA
EDUCAÇÃO
ESPORTE
EVENTOS
JUSTIÇA
MEIO AMBIENTE
POLÍCIA
POLÍTICA
REGIÃO
SAÚDE
SOCIEDADE
ATHOS FILIPE
FATIMA CRISTINA
GUINTHER JUNIOR
LEONARDO COUTO


Facebook Instagram Facebook Instagram
© 2018. Todos direitos reservados a Folha de Caiapônia. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.